Bancos da praia
Banhos de mar
O estado do sítio
O espirro
Aviso importante
Embevecimento
Vou todo
Copacabana ensolarada
Os dez maiores sambas, na opinião de Ary Barroso
Mais uma vez fui expulso... (s/ título)
Sobre o boato de sua morte
Opinião de Ary Barroso sobre Juca Chaves
Promessa a Senhor do Bonfim
Sobre Ivonne, sua esposa
Entrevista so jornalista Walter Prestes
Sobre a profissão de advogado

 
 
última página início próximos
  Banhos de mar
Ary Barroso

Comecei com eles. Armo a barraca rubro-negra (Linda!) ali no Posto Zero, ao lado do Mariozinho de Oliveira. Companheiros: ele, o comandante Niemeyer (Nini) e o Játobá. O Mariozinho tem um apito. Duas sopradas - gelo, três, - gin tônica, quatro - alguns frios gelados. Quem traz é o seu empregado que fica no último andar de um arranha-céu. De meio dia às cinco, despachamos ali mesmo. As vezes aparece o Catramby (quando não está gripado).