Bancos da praia
Banhos de mar
O estado do sítio
O espirro
Aviso importante
Embevecimento
Vou todo
Copacabana ensolarada
Os dez maiores sambas, na opinião de Ary Barroso
Mais uma vez fui expulso... (s/ título)
Sobre o boato de sua morte
Opinião de Ary Barroso sobre Juca Chaves
Promessa a Senhor do Bonfim
Sobre Ivonne, sua esposa
Entrevista so jornalista Walter Prestes
Sobre a profissão de advogado

 
 
última página início próximos
  Vou todo
Ary Barroso

Amanhã irei a uma gafieira. Preciso ir. Preciso ver aqueles pares sambando. O "mestre-sala" manobrando. O trombone chorando. A cerveja entornando. Os cabelos esticados brilhando. Quando, periodicamente, dava um pulo no "Elite", era mais compositor e compreendia melhor o sentido exato do "samba com telecoteco". A música de boate convida à melancolia. A música de gafieira espanta as mágoas e é mais Brasil! Vou lá. Mas, vou todo!... Depois te conto.