Angelina de Rezende Barroso, mãe de Ary Barroso  
   
   
  Pai de Ary Barroso - João Evangelista Barroso  
   
   
  O famoso grupo político do Flamengo "Dragão Negro" numa de suas reuniões semanais ou mensais (dependendo do andamento da política do clube) no restaurante do Aeroporto Santos Dumont. Estas reuniões também eram feitas na Confeitaria Colombo.  
   
   
  Esquerda para direita: Fadel Fadel, Block, Hilton Santos, Ary Barroso, Antonio Cordeiro, Jurandir Matos, Moreira Leite, Bria  
   
 
 
   
  Yvonne futura esposa, tinha nesta data, 14 anos.  
   
   
  Gastão Formenti e Joubert de Carvalho (autor de Maringá) - juri das canções de "Mês da Cidade"  
   
   
  Atrás: Custodio Mesquita e Silvio Pacheco. Frente: Alberto Ribeiro, Nassara e Ary Barroso. Foram provar que na música Garota Colossal não havia o Hino Nacional. Ari com a vitrola e Nassara com o disco  
   
   
  Numa das famosas feijoadas feitas pela Yvonne  
   
 
 
   
  O último sobrado e onde morava Ary com sua avó Gabriela e com a tia Ritinha. Ubá - Minas Gerais  
   
   
  Em mais uma de suas viagens a Argentina  
   
   
  Buenos Aires, 1955: Ary com a sua orquestra e os cantores Ernani Filho e Sarah Rios.  
   
   
  Silvio Caldas, Carlos Machado, Ary Barroso e Carlos Alberto Lofer.  
   
 
 
   
  1 - Nico Duarte, proprietário do Cassino Ao Ponto;2 - Ary Barroso. Poços de Caldas, 1926.  
   
   
  Ary Barroso se apresentava neste cassino - Fachada do Cassino ao Ponto, 1926, Poços de Caldas.  
   
   
  México, 1953: Ary, Maria Antonieta Pons e o jornalista mexicano Fernando Hernandez Bravo  
   
   
  Show na Argentina, em Buenos Aires Club Comunicaciones. Compareceram 200 000 pessoas.  
   
 
 
última página início próximos